Tsb anime – Entrevista / Anísio Mello Júnior

Anísio Mello Júnior

Grande tarde de domingo a todos. Tsb anime traz sua segunda entrevista com um  dos grandes astros da série Dragon Ball / Dragon Ball Z. Com vocês:

 

Anísio Mello Júnior 2

Anísio Mello Júnior é, sem dúvida,  um artista notável, daqueles que consegue deixar uma marca de competência e singularidade nos trabalhos que realiza. Como produtor musical de diversos estúdios renomados, Anísio produziu centenas de canções para filmes e desenhos (aquela vinheta de abertura do Megaman, produção nipo-americana exibida pela SBT em 1995, é dele). Mas, com certeza, seu trabalho mais significativo no segmento jovem é, sem sombra de dúvidas, as canções da série Dragon Ball e Dragon Ball Z.

“Posso pressentir o perigo e o caos…”

Quem nunca cantarolou esses lendário versos, não é mesmo? É com grande honra que Tsb anime traz hoje a todos os fãs da série, uma das mais raras entrevistas deste segmento musical. Divirtam-se!

 

Anísio Mello Júnior

Dragon Ball – Fantástica aventura ( Makafushigi Adventure) – Abertura (2002)

Dragon Ball – Juventude (Romantic Ageruyo) – Encerramento (2002)

Dragon Ball Z – Temos a força (We gotta power) – Abertura 2  (2001)

Dragon Ball Z – Garra no coração (Bokutachi wa tenshi datta) – Encerramento 2 (2001)

 

Tsb anime – Entrevista / Anísio Mello Júnior

Por Rummenigge P. Lassant

Assessoria por Júlio César

 

Tsb anime: Anísio, gostaríamos que se apresentasse ao grande público. Quem é o grande Anísio Melo Júnior?

Anísio: Olá , amigos, é um prazer conversar com vocês e falar um pouca da minha trajetória artística.

Sou músico desde 1981. Aos seis anos ,iniciei meus estudos com o piano, partindo para o contrabaixo aos 15 anos. Cursei teoria musical no Conservatório Carlos Iafelice ; harmonia e música brasileira com Rodolfo Stroeter , do Grupo Pau Brasil; escrita, leitura, estilos pop ,reggae e fusion com Luís Fernando Barros (Piga); improvisação e jazz no Centro Para Estudos do Baixo Elétrico, com Sérgio Rossoni; Percepção Musical na Universidade Livre de Música Tom Jobim, com Ricardo Brein e prática de conjunto com o maestro, saxofonista e arranjador Antônio Arruda.

Me apresentei, gravei, produzi discos e espetáculos ao lado de artistas como Johnny Rivers, Gary  Karr, Carlos Dafé, Armandinho Macedo, Nico Assumpção,Artur Maia, Sizão Machado, Luís Chaves(do Zimbo Trio), John Patitucci, DudaNeves, Gigante Brazil, Luís Carlini, Tony Babalu, Bocato, Nuno Mindelis, Flávio Guimarães, Fernando De luqui (do grupo RPM), Grupo Raízes Caboclas (do Amazonas), Márcio de Camillo (do Mato Grosso do Sul, indicado ao Prêmio Sharp de 1996), Dinho Nascimento (da Bahia, vencedor do Prêmio Sharp de 1997), Moacyr Camargo, entre outros. Fui diretor da Associação Brasileira dos Contrabaixistas.

Além de contrabaixista, sou cantor, compositor, versionista, escritor(com um livro publicado)e produtor. Também lecionei música por 11 anos .O método  de minha autoria “Fundamentos do Contrabaixo Elétrico” é aplicado por alguns conservatórios até hoje. Realizei mais de 600 versões para TV, Home Video, cinema e gravadoras (Dragon Ball Z,Bob Esponja, Doug, Os Anjinhos, Mundo de Bob, Pinocchio, Bambam & Pedrita)para as empresas 20th. Century Fox, Columbia Pictures, Universal,Walt Disney, Paramount, Cartoon Network, Sony, Nickelodeon, SBT, Rede Globo, TVCultura, Espaço Unibanco de Cinema, etc…

Na área de produção de eventos, fui produtor associado do Banco de Eventos, Naked & Associados, Artsom, Rearte, tendo como clientes: Natura, Coca-Cola, Grupo Votorantin, Sudameris, KPMG e Arthur D.Little.

Integrei os grupos Cajaranan (música regional), Blues Session (blues contemporâneo), Excalibur(heavy metal),Brain Salad(metal progressivo), entre outros.

Atualmente, atuo  com o Alexandre Murashima (guitarra) e o Marcos Banana (bateria) no Insensatrês ; no quarteto Ginga Jazz( ambos de música instrumental brasileira), no trio Descambo,(rock e blues)e em meu trio solo, que vai do blues,  ao jazz e  à música autoral, com o guitarrista Stanley Wagner e o baterista Renato Mello. Produzo meus trabalhos e de outros artistas, desde 1998, na Mello Music Fonografia, Dublagem e Som, em São Paulo e em estúdio móvel, pelo Brasil. Sou formado em Comunicações, com especialização em Rádio e Televisão, pela Fundação Armando Álvares Penteado(FAAP).

Coordeno desde 2008 o Instituto Cultural Anísio Mello, para disponibilizar meu acervo de música, artes plásticas e literatura para pesquisadores, escolas, universidades, fãs e comunidade em geral. Moro em Manaus desde 2008, onde sou sócio fundador da Tipiti-Cooperativa de Música do Amazonas.

No entanto, o mais importante de  tudo é que me divirto muito com isso, é aminha missão nessa vida e quero oferecê-la às pessoas que gostam de música, arte e literatura.

 

Tsb anime: A série Dragon Ball/Z já passou por diversos estúdios de dublagens, tendo obtido, em sua maioria, incríveis adaptações às canções. Uma dessas grandes adaptações é, sem dúvida, seu trabalho com a série. Como surgiu a proposta para adaptar tais canções?

Anísio: Fui convidado pelo sr. Michael Stoll para ser diretor musical da Alamo, estúdio de dublagem, substituindo o maestro Caetano Zamma, o que muito me honrou o convite. Isso foi em 1995. Trabalhei com eles até 2005. Lá produzi mais de 600 músicas , foi muito divertido. Em algumas vezes, meu filho chegou a gravar backing para caracterizar vozes infantis comigo, quando passei a produzir as trilhas em meu próprio estúdio, em 1998.

 

Tsb anime: A letra de abertura da série Dragon Ball (muito bem produzida por você) possui algumas frases bastante semelhantes à versão produzida anos antes pela Gota Mágica. Você tomou-a por base na hora da adaptação?

Anísio: Não tive acesso a versão da Gota Mágica no momento da criação das versões. Busquei três versões como base: a original (em japonês), para pegar o espírito do intérprete original (apesar de não falar o idioma) e as versões em inglês e em espanhol, para acompanhar o sentido original das letras, sem abrir mão de criar nesse processo, personalizando a versão brasileira.

 

Tsb anime: Chegaram ao conhecimento do grande público três canções cantadas por você :Fantástica aventura ( Makafushigi Adventure), Temos a força (We’ve got power) e Garra no coração (Bokutachi wa tenshi datta). Além dessas chegou a produzir alguma outra? Foi você quem adaptou o encerramento do Dragon Ball (Juventude (Romantic Ageruyo)) também? Sabe quem é a cantora?

Anísio: Fiz a versão e produção do encerramento também. A cantora é a minha grande amiga Vera Campos, que integrava meu núcleo de produção nesse período, ao lado de Cláudia Jung e Paulo Campos, todos grandes talentos e amigos queridos.

 

Tsb anime: Você é fã de algum anime? Costumava assistir algum quando era criança? Já participou de algum evento?

Anísio: Sou fã de desenhos e animes. Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball Z, GT, Kai e os precursores National Kid, Ultra Man, Ultra Seven, Phantomas, entre tantas coisas legais, são alguns deles!

Participei de um evento, o Anime Party, em2006 ou 2007, em São Paulo, no Centro de Eventos da Barra Funda. Foi muito bacana, todos aqueles fãs fazendo cosplay e cantando junto com a gente todas as músicas… foi emocionante! Fiquei conversando e dando autógrafos por mais de 3 horas depois do show. É de arrepiar a energia e amor dos fãs de anime! Gostaria de participar de outros, seria um prazer.

 

Tsb anime: O que faz atualmente? Algum trabalho em vista neste segmento musical?

Anísio: Moro em Manaus e tenho um trio formado recentemente, onde canto e toco. A linha é mais voltada ao blues, jazz, música pop e autoral. Devemos gravar esse ano ainda nosso trabalho. Também o Instituto Cultural Anísio Mello, voltado à música, artes plásticas e literatura . Sua sede é em São Paulo, devo montar um núcleo em Manaus também. Vamos ativar uma ponte artística entre Manaus e o Sudeste, com shows, lançamento de livros, exposições de artes visuais, saraus musicais e literário, entre outros projetos. Nas minhas vindas a São Paulo toco com o Insensatrês – gravamos um show ao vivo em SP dia 26 de abril – e com o Ginga, grupo também de instrumental, que participo há vinte anos, que deve também finalizar a gravação de um trabalho em estúdio. Também dou umas escapadas para Londrina, no Paraná, onde me apresento fazendo clássicos do rock, blues e algumas autorais do Descambo, nosso trio.

Não tenho tido contato ultimamente com os estúdios de dublagem. Mas será um prazer desenvolver algum trabalho com os que tiverem interesse.

 

Tsb anime: Conhece algum cantor que trabalhou/trabalha com esse tipo de canção?

Anísio: Sim, o Toninho Ghizzy e o Che Leal, que gravou músicas do Cavaleiros do Zodíaco. Recentemente conheci o Marcelo Ginnari, um grande talento.

 

Tsb anime: Você costuma colecionar seus trabalhos de um modo geral? Há algum especial?

Anísio: Sim, tenho o material arquivado em Cd, hd em ADAT, em DAT, em VHS, além de roteiros de episódios e partituras de alguns.

 

Tsb anime: O que gosta de fazer nas horas vagas?

Anísio: Gosto de ler e escrever, sobre filosofia, poesia, ouvir música, cuidar do jardim, namorar, conversar com( ao menos) uma pessoa nova por dia, sobre qualquer assunto.

 

Tsb anime: Qual seu ídolo de infância?

Anísio:  O Paul McCartney.

 

Tsb anime: Você é o que queria ser quando crescesse?

Anísio: Fui mudando no decorrer da infância. Quis ser padre, porque achava os padres do colégio em que estudava muito legais, cultos e bem informados. Depois, achei que seria melhor ser presidente da república, pois assim “poderia acabar com a Guerra do Vietnã” rsrsrs. Também pensei em ser advogado e médico, para tirar inocentes da cadeia e curar todas as doenças das pessoas. Me contentei em tentar ser um “quinto beatle” no mundo da imaginação, compondo, tocando baixo e cantando, como o meu ídolo de infância. Deu certo, à minha maneira. É o que alguns carecas, como o Goku, Buda e eu, chamaríamos de impermanência. Parece que sempre queremos ser algo mais ou diferente do que somos. Assim, estamos sempre crescendo um tantinho mais e nos renovando a cada segundo. Um baixista de jazz, o Charlie Mingus, dizia que era difícil para ele  definir uma imagem que seria a verdadeira de si, porque a cada instante aquela verdade se transformava. Concordo com ele.

 

Tsb anime: Como os fãs e contratantes chegam até você? Algum contato?

Anísio: Sim, diretamente comigo.

E-mail: anisio_mello_junior@yahoo.com.br

Facebook: Anísio Mello Júnior

Manaus: (92) 3248-9444 / 9147-7648 /8259-9919

São Paulo: (011) 3766-3999 / 9851-5079 /8490-1498

 

Bate-bola (perguntas e respostas rápidas)

Um instrumento musical: o contrabaixo.

Pop ou rock?  Rock, man,  forever! Mas música boa existe em qualquer estilo.

Não suporta: desonestidade.

Um hobby: cuidar do jardim.

Anísio Mello Junior é: um ser humano que quer ser e fazer outros seres felizes com a sua arte.

Um sonho realizado: ser pai do Fernando, um cara excepcional.

Fãs: fonte infinita de energia, que é combustível para fazer tudo cada vez com mais amor.

Dragon Ball: o melhor dos animes.

 

Tsb anime: Anísio, muitíssimo obrigado por este momento ímpar. Palavras não dão conta da satisfação de ter nos concedido essa entrevista. Agradecemos de coração a entrevista. O melhor ano de sua vida! Sucesso sempre! Obrigado

Anísio: Eu é que agradeço … pela oportunidade de conversar com vocês e com os fãs, compartilhando com um pouco da minha vida, carreira, ideias, sonhos e realizações. Muito obrigado. Abração!!!!!

 

Tsb anime. Rumo ao maior espaço nacional de músicas brasileiras de animes.

11 comentários em “Tsb anime – Entrevista / Anísio Mello Júnior

  1. Como sugeri na página do facebook,acho que poderiam fazer uma versão brasileira da canção Unmei no Hi Tamashi vs Tamashi,se possível,cantanda pelo Anísio,acho que ficaria muito bom

    1. Phillipe, basta clicar no link abaixo, quye será encaminhado para o PACOTÃO DE VERSÕES DA TV (LETRA D2). Lá vc poderá baixar todas canções da série Dragon Ball, Z, Gt e Kai (https://tsbanimeoficial.wordpress.com/2012/05/01/pacotao-de-versoes-da-tv-letra-d-parte-2/#more-451)

      Caso queira as do Z Majin Bu em versões COMPLETAS, clique em (https://tsbanimeoficial.wordpress.com/2012/08/26/compacto-especial-dragon-ball-z-lancamento-2/#more-704)

      1. Sim, por hora, só existem as canções do DBZ Saga 2 completas, exclusividade da Tsb anime e Tsb tokusatsu e, além dessas, existe a abertura do Dragon Ball Kai (Epírito dragão – Dragon soul). Há projetos em curso para outras canções da série…

  2. ae Rummenigge tenho uma dúvida, tenho um volume de vários mangás em um que era lançado pela kodansha, mais o estranho que em vez de kodansha está escrito como Kodansya, será que a kodansha se chamava kodansya? lembrando que o mangá é de 1981, e vários outros mangás como os 2 ou 3 primeiros mangás da sailor v era kodansya, será que antes a kodansha era kodansya?

  3. Legal Rumme!
    Esse era um dos cantores de animes que eu só conhecia pelo nome, não pelo extenso curriculo que ele possui! Que grande artista!

    E por falar em DBZ, e a lendária voz do “Cha-la head cha-la”? Qndo vc vai revelar o maior dos mistérios das anisongs brasileiras???

    Parabéns pela entrevista!!!

    1. Pois é, Ricardo, realmente um arstista notável! Estamos engatilhando a entrevista com o cantor de Cha la head cha la pra breve. Aliás, teremos mega novidades sobre a série Dragon Ball agora pra agosto (assim esperamos). Os fãs não perdem por esperar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s